4 dicas para melhorar a acústica do seu home office

Nós temos que passar, na grande maioria das vezes, mais tempo trabalhando do que com as nossas famílias e seria natural que nós nos preocupássemos com a acústica dos nossos ambientes de trabalho tanto quanto nos preocupamos com a acústica das nossas casas.


Mas essa não é bem a realidade da grande maioria de nós. Poucas são as empresas que se preocupam com a acústica do ambiente de trabalho e quando falamos em home office a situação piora ainda mais. As vezes nem tanto por causa da acústica, mas por causa de interrupções externas que acabam nos atrapalhando e fazendo com que a nossa produtividade caia drasticamente.


Então para te ajudar a minimizar esses problemas, vamos listar aqui uma série de modificações que você pode fazer para ter um ambiente de trabalho mais confortável do ponto de vista da acústica.


1. Janelas

Talvez o maior número de reclamações venha de ruídos externos. Os famosos ruídos aéreos provocados pelo tráfego intenso de carros, pessoas andando nas calçadas, cachorros, construções e outras fontes de ruído variadas.


Em isolamento acústico seguimos uma regra bem simples para determinar a prioridade em isolamento e a melhor estratégia para cada situação. A ordem natural de prioridades é sempre fonte, caminho e, por último, receptor.


No caso do ruído que entra nos ambientes através das fachadas e das janelas, não podemos tratar a fonte porque na grande maioria dos casos não existe apenas uma, então o mais natural é tentar intervir no caminho por onde aquele som se propaga.


Como as janelas são, na imensa maioria das vezes, o ponto mais frágil da fachada, é por ela que entra a maior parte dos ruídos aéreos. A maneira mais profissional de melhorar o isolamento acústico em janelas é investir em um conjunto de janelas com um bom desempenho acústico, como as famosas janelas duplas. Mas esta nem sempre é a solução ideal, principalmente quando estamos falando em um ambiente de trabalho temporário, como é o caso da grande maioria de nós nesta situação da pandemia de coronavírus.


Então vamos para uma solução alternativa que pode não resolver o seu problema mas com certeza vai ajudar. O isolamento de uma janela está muito relacionado com a capacidade daquela estrutura em vibrar, com a vedação e com o próprio vidro da janela. Sendo a vedação um dos componentes que mais contribui para o mau desempenho acústico destas estruturas.


Se a sua janela é do tipo comum, basculante, pivotante, maxim-ares ou de tombar (se você não tem ideia do que eu estou falando, sugiro olhar este artigo aqui ou pesquisar sobre tipos de janelas) você tem uma vantagem. É possível melhorar a vedação destas janelas utilizando uma espuma ou borracha projetada para este fim. Como estas janelas têm uma estrutura favorável para este tipo de solução, é bem provável que você consiga um isolamento um pouco melhor do que tem hoje apenas melhorando a vedação.


Para os demais tipos de janela, principalmente aquelas com estruturas de correr, a solução é um pouco mais complicada e melhorar a vedação destas estruturas é mais difícil. Mas ainda assim você pode tentar e provavelmente obterá um resultado melhor do que tem hoje.


É importante lembrar que de maneira alguma você irá obter um desempenho semelhante ao de uma esquadria com vidro duplo, mas vale a tentativa caso você não tenha a condição de investir em uma solução ideal por enquanto.


2. Portas

Assim como no caso das janelas, podem existir ruídos originados dentro da própria casa que estejam causando interrupções no seu trabalho. Principalmente se você estiver trabalhando com crianças dentro de casa.


Por esse motivo, também é importante melhorar o desempenho acústico das portas da sua casa e se você não tiver condições no momento de investir em uma solução ideal, como é o caso das portas acústica em PVC, a mesma recomendação das janelas também valerá para as portas.


Aumentar a vedação da porta é essencial para diminuir a propagação do ruído aéreo entre ambientes e com toda a certeza irá te ajudar a ter menos interrupções. O problema é que a porta não é o único fator a se considerar no isolamento entre ambientes, a parede também desempenha um papel muito importante. Por isso é tão comum você escutar engenheiros e arquitetos falando sobre a importância de implementar soluções de isolamento acústico ainda na fase de projeto da obra. Nesta fase os gastos são muito reduzidos e as soluções geralmente são mais eficazes!


3. Ruídos de impacto

Os ruídos de impacto talvez sejam as maiores fontes de reclamação em apartamentos. Eles são aqueles ruídos que você escuta quando acontece uma pancada forte contra o piso ou paredes e geralmente acontece quando seu vizinho utiliza sapatos com solados de madeira.


Estes ruídos podem acontecer das formas mais variadas mas tornam-se mais frequentes e, consequentemente, mais irritantes quando existem crianças brincando nos apartamentos ou quando cadeiras são trocadas de lugar com muita frequência.